Que Futuro? / 25.05.2012

Oh fase boa... juventude que passa tão rápido; isso quando pra alguns ela passa, pois muitos se vão nesta!
Eu fico chateada, bolada mesmo de ver que os jovens não sabem aproveitar o que de muito depois sentirão falta, mas também de muito sentirão vergonha, remorso e arrependimento e ainda terão que dar graças à Deus por estarem vivos! São palavras pesadas? Sim, mas é a realidade na qual vivemos. Tem dias que começo a pensar, como estará o mundo daqui a dez anos? Tenho que generalizar, pois é tendencioso que será um suplício... quando vejo moças novas  puxando dois filhos e carregando mais um na barriga; tenho total descrença, porque na maioria desses casos são "erros de percurso" projeto familiar falido que consequentemente a educação também será e com isso vão se tendo filhos sem planejamento e condições de oferecer o básico e daí por diante.

Tem o outro lado; que são os que tem boa educação, boa formação, tem um bom alicerce e nem por isso dão valor e viram marginais! Os que não tem princípios, não são tementes a Deus, são cínicos, zombeteiros, não tem respeito pelos pais, muito menos por seus Professores e idosos e são muito perversos; ,não que qualquer outra pessoa não seja, é que o jovem tem a frieza no sangue!
Tenho um filho de 10 anos, coloco ele pra ver de tudo; ver a realidade, acompanhar casos dantescos, tragédias que levam tantas vidas, de tudo mesmo, porque? Porque não educarei ele pra mim e sim pra esse mundão que é uma selva; um leão por dia. Converso tanto... faço com que meu filho tenha confiança em mim, dou bons exemplos, pois somos o espelho deles... nunca serei 100%, errarei tentando acertar e com isso  tenho total convicção que somos quem queremos ser; isso independerá de mim!
Temos que sonhar, mas com os pés no chão, hoje não se permite ter ilusões, ingenuidade, total confiança... 

Nós pais temos a obrigação de ensinar nossos filhos a lidar com a rejeição e com a frustração para que daí não se crie tantas revoltas e rebeldia!
Concluindo; não só os jovens, mas adultos também, hoje em dia a 'diversão' é: Bebida, droga, violência e orgia!
Realidade cruel!
Esse assunto é muito complexo e universal; mas mesmo assim senti vontade de o expor e conto com a opinião de todos , principalmente os mais velhos que eu! Grata.
"Deus nos Abençoe"


|Texto escrito em 26.04.2010|

Burro no Poço / 15.05.2012

Um dia, o burro de um camponês caiu num poço. Não chegou a se ferir, mas não podia sair dali por conta própria. Por isso o animal chorou fortemente durante horas, enquanto o camponês pensava no que fazer. 

Finalmente, o camponês tomou uma decisão cruel: concluiu que já que o burro estava muito velho e que o poço estava mesmo seco, precisaria ser tapado de alguma forma. Portanto, não valia a pena se esforçar para tirar o burro de dentro do poço. Ao contrário, chamou seus vizinhos para ajudá-lo a enterrar vivo o burro. Cada um deles pegou uma pá e começou a jogar terra dentro do poço. 

O burro não tardou a se dar conta do que estavam fazendo com ele e chorou desesperadamente. Porém, para surpresa de todos, o burro aquietou-se depois de umas quantas pás de terra que levou. O camponês finalmente olhou para o fundo do poço e se surpreendeu com o que viu. 

A cada pá de terra que caía sobre suas costas, o burro a sacudia, dando um passo sobre esta mesma terra que caía ao chão. Assim, em pouco tempo, todos viram como o burro conseguiu chegar até a boca do poço, passar por cima da borda e sair dali trotando. 

- A vida vai te jogar muita terra nas costas. Principalmente se você já estiver dentro de um poço. O segredo para sair do poço é sacudir a terra que se leva nas costas e dar um passo sobre ela. 

Cada um de nossos problemas é um degrau que nos conduz para cima.



 

Seja Essência e Não Aparência | Creative Commons Attribution- Noncommercial License | Dandy Dandilion Designed by Simply Fabulous Blogger Templates